We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. Read more…
Crescerser - Casa do Infantado

Crescerser - Casa do Infantado

Loures, 2670-390, Portugal

Get Directions

219 830 752

Categories
Work hours Add information
About O Centro de Acolhimento Casa do Infantado situa-se em Loures e acolhe 12 crianças de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 0 e os 12 anos.
Crescerser - Casa do Infantado cover
Mission Promover e divulgar os direitos da Criança e Jovens.
Acolher crianças vítimas de maus-tratos e perspectivar com elas e suas famílias o seu projecto de vida e sua autonomia.
Description A CrescerSer, Associação Portuguesa para o Direito dos Menores e da Família, foi criada em 1986, por um grupo de magistrados que sentiram a necessidade de levar mais longe a proteção dos menores.

Em 1989, surge a 1º Casa que contou com a sensibilização da Câmara Municipal de Oeiras, com capacidade de início para 10 crianças, mudando de instalações em 1997, para uma casa construída de raiz pela mesma Câmara municipal, passando a acolher um total de 14 crianças de idades compreendidas dos 0 aos 12 anos de idade, designada por “Casa do Parque”.

Nasce a 2ª Casa em Cascais, “Casa da Encosta”, para um total de 12 crianças, também da mesma faixa etária que a anterior, cedida e construída de raiz pela Câmara Municipal de Cascais.

Surge, em 1994, a “Casa do Infantado”, instalada num apartamento cedido pela Câmara Municipal de Loures, com capacidade para 12 crianças dos 0 aos 12 anos.

Em 1996, surge a primeira Casa no Norte do país, situada em Cedofeita, cedida pela Santa Casa da Misericórdia do Porto, com capacidade para 10 crianças, dos 0 aos 12 anos, designada por “Casa de Cedofeita”.

Em 2004, a APDMF- CrescerSer criou um novo projeto, com o intuito de acolher jovens dos 12 aos 18 anos, data em que nasceram mais 2 Centros de Acolhimento destinados a adolescentes: no Porto, a “Casa do Vale”, com capacidade para 13 jovens do sexo masculino; em Lisboa, a “Casa das Amoreiras”, cedida pelo Instituto de Solidariedade e Segurança Social, com capacidade para 8 Jovens do sexo masculino, que em 2005 muda de instalações para uma casa cedida pela Câmara Municipal de Lisboa, com capacidade para 10 jovens, a “Casa da Ameixoeira”.

Em 2007 construiu-se um novo centro de acolhimento em Chão de Couce (Ansião – Leiria) com capacidade para 23 jovens do sexo feminino, denominado “Casa do Canto”.

As crianças/jovens acolhidas na Associação CrescerSer são vítimas de maus-tratos, privadas do seio familiar, sem registo de nascimento; com problemas graves de saúde mental; vítimas de abuso s

Similar places nearby