We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. Read more…
Sunday
15
APR

Territórios do Sentir - Oficina dos 3 aos 7 anos

10:00
11:15
anagrama - oficina de sonhos
Event organized by anagrama - oficina de sonhos

Get Directions

Category
#var:page_name# cover

Oficina Territórios do Sentir
com Catarina Machado & Inês d'Espiney

Oficina para crianças dos 3 aos 7 anos
(com a possibilidade de presença dos pais ou adulto acompanhante)
Dia 15 de Abril das 10h às 11h15

E se fosses uma nuvem?
E se essa nuvem fosse carregada e pesada como um trator?
Como sentirias uns raios de sol a trespassarem o teu corpo?
E se te diluísses em água?
E se…Como seria?

Nesta oficina partimos da relação entre peso e leveza para brincar, sentir, explorar sensações e partilhar experiências em grupo.

Territórios do Sentir pretende ser um lugar de exploração, criação e vivência para qualquer pessoa e idade, partindo do convite a sair do registo quotidiano de relação com o mundo, os objetos, os outros, e consigo mesmo. A proposta é mergulhar num universo extra-ordinário, no qual tudo é uma possibilidade de descobrir e de recriar formas de olhar, de estar e de comunicar. Abrir espaços novos dentro e fora a partir de ferramentas das áreas do teatro, do movimento, do desenho e do registo gráfico, através de propostas concretas, partindo de diferentes temáticas em cada encontro. Tem por base a construção de um espaço seguro, livre e descontraído, no qual através da brincadeira, de jogos e dinâmicas, se propicie o re-ligar com a espontaneidade e a alegria de ser e agir sem o objetivo de um resultado final, mas de viver um processo que nos enriqueça e nos coloque em contacto com o prazer de partilhar, estar e sentir.

Objetivos principais

- Explorar e valorizar a potencialidade criativa e imaginativa presente em cada criança
- Desenvolver a capacidade sensorial, de relação com o corpo e a conexão ao sentir.
- Fomentar a exploração do desenho e/ou registo gráfico, e da relação com diferentes materiais, na relação com o corpo e com o espaço.
- Estimular na criança novas formas de estar em relação com o Outro e o mundo exterior.

Participantes: Crianças dos 3 aos 7 anos
Preço: 15€ / criança
Informações e inscrições: fariacat6@gmail.com ou inespiney@hotmail.com 966937152 / 916822513
Grupo máximo: 12 crianças

Catarina Machado

Formada em Fotografia pelo Centro de Arte e Comunição (Ar.Co), licenciada em Antropologia e Mestre em Antropologia e Culturas Visuais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH-UNL). Fez diversas formações na área do Teatro e do Movimento, tendo começado a dar os primeiros com o encenador Claudio Hochman. À Escola de Actores – Evoé – deve a sua formação profissionalizante em Teatro, na sua vertente direcionada ao teatro físico e do gesto, onde estudou o método Lecoq e de mimo corporal dramático, clown, bufão, máscara neutra, máscara larvar e máscara expressiva de comédia humana, suzuki, viewpoints, entre outras metodologias teatrais. Participou num projeto de teatro para mulheres, que incluía um grupo de mulheres vítimas de violência doméstica, no qual desenvolveu um trabalho direcionado ao corpo e movimento. Foi performer na Companhia Matridança e, atualmente, desenvolve um projeto de fotografia em parceria com a companhia.

Inês d’Espiney

Licenciada em Artes Visuais - Pintura, Variante Ensino, na Universidade de Évora. Outras formações em: Pedagogia da Arte na Nextart Oficina de Dança Movimento Terapia com Ema Inácio; “Terra. Corpo. Escultura e Cerâmica” com Sara Inácio na Nextart; Curso de Clown com Ana Piu, no Espaço Evoé; Diploma Inicial em Arte Terapia, no Centro de Estudos e Arte Terapia, Metàfora, em Barcelona. Artista e artesã, desenvolve trabalho ao nível do desenho e da ilustração, e mais recentemente na costura, com criações originais e personalizadas. Tem realizado várias exposições individuais e colectivas. Como Arte Educadora e curiosa do universo das crianças, tem tido várias experiências na criação e na orientação de oficinas de expressões artísticas, tendo colaborado no serviço educativo do Museu Culturgest e em oficinas de caráter informal. Atualmente trabalha na escola pública com atividades extra curriculares na área das expressões lúdico-expressivas.