We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. Read more…
Saturday
23
JUN

Guimarães / Taylor / Sousa

21:30
23:30
Irreal
Event organized by Irreal

Get Directions

Category
#var:page_name# cover

Três músicos com trajetos e experiências musicais bastante distintas, juntam-se pela primeira vez no Irreal. Os pontos em comum são a improvisação através da escuta ativa e as memórias musicais idiomáticas que cada um transporta consigo, que de alguma maneira se aproximam. Espera-se uma experiência musical, melódica, harmónica e articulada, uma fusão de géneros e subgéneros à descoberta de uma voz.

Manuel Guimarães: piano
Noel Taylor: clarinetes
Rui Sousa: baixo elétrico

Manuel Guimarães, pianista, guitarrista, compositor e improvisador. Iniciou a formação musical em piano, nos anos 60, na Academia de Música de Espinho, posteriormente, nos anos 80, em composição, no Conservatório de Música do Porto, e em 2014 mestrado em Ciências Musicais na Universidade Nova de Lisboa. O seu percurso musical abrange diferentes áreas: erudita, rock, folk, jazz e improvisação transidiomática. Mantém colaboração com vários músicos deste espectro de influências. Gravou, em piano solo, o CD Flow me, em 2016. Faz parte do Ensemble Gestalt e do Quarteto Incrível.
Saber mais: https://www.facebook.com/Flow-me-182507618820851/

Noel Taylor, reconhecido clarinetista inglês da música improvisada londrina recentemente radicado em Lisboa. Tem desenvolvido o seu trabalho em diferentes formações, pequenos grupos como os Redstart, Splatter, Happenstance, Grimwald, Plank e Bay’s Leap, e em big bands como instrumentista e frequentemente também como condutor utilizando a linguagem gestual introduzida por Butch Morris da London Improvisers Orchestra. Passou pela Berlin Improvisers Orchestra e pela Iato Orchestra. Colaborou também com Chris Biscoe, Steve Beresford, Terry Day, Veryan Weston, Steve Noble e Tony Marsh. Em Portugal atuou recentemente com o seu projeto Bay's Leap tendo como convidados os músicos portugueses Carlos Zingaro e Paulo Chagas. Com o Splatter prepara uma nova aparição para o mês de Maio com o baterista Pedro Melo Alves.
Saber mais: https://www.facebook.com/noel.taylor.338

Rui Sousa, baixo elétrico, frequentou o curso de baixo elétrico da EJMA – Ecole de jazz et Musique Actuelle de Lausanne (Suiça), fez 2 formações na UNL direcionadas para a primeira infância e préescolar tendo como base teórica e prática a Teoria de aprendizagem musical de Edwin Gordon, com os professores Edwin Gordon, Helena Rodrigues, Ana Paula Almeida e António Rocha. Escreveu e musicou a peça de teatro de fantoches e marionetas “Uma viagem de Sonho” que esteve em digressão por terras algarvias em 1999. Tocou em diversos projetos musicais originais como por exemplo os (IRS) e também em covers bands como os (JAB). É fundador do grupo (Adão & Elas), também do grupo (Zappanoia), o primeiro projeto musical português de homenagem à obra de Frank Zappa, com o qual tocou dentro e fora de portas: Bienal Cultural Chaves / Vigo, Zappanale Music Festival (Alemanha) etc.. Nos últimos 5 anos tem estado mais ligado à música improvisada, mas trabalhou também com o guitarrista Fernando Guiomar no seu projecto clássico-contemporâneo (TRAPE-ZAPE).

Venue

Irreal