We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. Read more…
Wednesday
04
APR

Bate papo de encerramento

19:00
22:00
Casa Benet Domingo
Event organized by Casa Benet Domingo

Get Directions

Category
#var:page_name# cover

No dia 04 de abril acontecerá o bate papo de encerramento da exposição ‘Do Arqueológico Ao Cósmico’ neste encontro a artista, Pilar Domingo apresentará um pouco a sua pesquisa e como está sendo o desenvolvimento desta série que é uma verdadeira arqueologia de si mesma.

Maiores informações via e-mail: contato@casabenetdomingo.com


SOBRE A EXPOSIÇÃO ‘DO ARQUEOLÓGICO AO CÓSMICO’

São cerca de 20 obras que mesclam as técnicas de pintura com transferência de relevo, gravura e impressão direta sobre alumínio e acrílico, criando um paralelo com a exposição individual que abriu a Casa Benet Domingo ao público em 2008, intitulada “Passado, Presente e Sonhos”. Através deste trabalho, Pilar explora suas origens em diálogo com a abertura do espaço e também apresenta a simbologia presente desde o início de sua obra, dando sequência à série anterior, “Ilimite Cósmico”, desenvolvida por ela desde 2015.

“Essa revisitação, ou seja, a exposição vir de Lisboa para o Rio e ter ido do Rio para Lisboa é um movimento no contratempo, com peças diferentes, ausências que são renovadas com outras obras. Essa dinâmica me atrai extremamente e é o que vejo como espelho do mundo. O português está sendo extremamente visitado e distinguindo nosso sotaque e nossos ritmos, enquanto o mundo está misturado de línguas. Essa união coincide com essa sensação do arqueológico ao cósmico”, analisa Pilar.

SOBRE PILAR DOMINGO
Nos anos 1980, Pilar foi para a Ilha de Creta, onde encontrou o seu ponto de partida arcaico. Depois, seguiu para a Ilha Grande e participou da criação do Reis e Magos, onde desenvolveu louças e esculturas. Em Tortosa, inspirada em suas origens e no DNA, produziu pinturas e eletrografias.
Participou da criação da expedição Circuito das Águas, navegando pelas veias do Pantanal, e foi convidada para expedições na Indonésia, Nova Guiné, Papua, Tailândia e Malásia. Pilar também visitou sítios arqueológicos da Grécia, Espanha, Brasil, Peru, Bolívia, Itália, Inglaterra, Colômbia e Portugal. Estas experiências resultaram obras carregadas de força e ancestralidade.Após a conclusão do seu doutorado em História da Arte Contemporânea e Novas Técnicas na Gravura, na Universidad Complutense de Madrid (Espanha), Pilar desenvolveu, junto com a filha, Maria Matina, o espaço de arte e cultura Casa Benet Domingo, visando difundir a arte das três gerações da família Benet Domingo.