We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. Read more…
Saturday
21
APR

Sarau do Beco | Abril

16:00
21:00

Get Directions

Category
#var:page_name# cover

Sarau do Beco | Abril

Um poeta escreve porque quer ver-se livre das palavras e não porque as amam, diria Mia Couto. O Sarau do Beco emerge dessa necessidade. Da urgência de ler em voz alta, gritar à vizinhança, fazer ecoar a palavra no beco até chegar ao décimo andar – o último – daquele prédio da frente. E, ao gritar, o ego esfumaça; a palavra vira pública da qual ninguém responde por sua autoria.
O Sarau do Beco, no Beco Chico Prego, quer o que é plural, improvável e, quiçá, impensável. Lugar de invenção, câmara de ecos, que faz recoar a poesia e nós mesmos, juntos. Ali, no beco, não queremos colorir mundo algum, como pontua Rosana Preciosa; queremos é nos corar de mundos.
Violão, tamburim, gaita, livro, corpo, mão, boca. Tudo pode transformar-se em poesia. Tudo pode. Passagem. Por isso no beco. Nele, estamos sempre no meio do trajeto. No meio; recoando vozes.

|| Sarau do Beco ||
| Beco Chico Prego | Centro Cultural Eliziário Rangel |
| Sábado | 21 de abril | 16 horas |
| Entrada franca |