We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. Read more…
Saturday
21
APR

Curso Intensivo "Dependência de Videojogos (DVG)" E-learning

14:00
18:00

Get Directions

Category
#var:page_name# cover

A expansão tecnológica tem progredido exponencialmente nas últimas décadas, disseminando-se na nossa vida quotidiana. No entanto, e com frequência acrescida, a tecnologia interfere com as relações intersociais como resultado do seu uso excessivo, desequilibrando o bem-estar pessoal (Wieland, 2014).

Os resultados da pesquisa feita até agora não são unânimes pois, as evidências atuais são contraditórias. Até o momento, não há consenso sobre a definição de dependência dos videojogos, nem mesmo sobre o significado do conceito do próprio videojogo (Gaetan, Therme, & Bonnet, 2015).

Perante o vazio na literatura portuguesa sobre o mundo desta dependência, João Castel-Branco Goulão, diretor-geral do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), refere a necessidade de uma abordagem multidisciplinar para chegar aos critérios de diagnóstico, devido à magnitude e complexidade desta realidade. Goulão alerta para o papel dos políticos e dos profissionais na fomentação de estratégias e intervenções ao nível de prevenção, de tratamento, de redução de riscos, limitação de danos e de reinserção, sem descurar os aspetos da fiscalização, da publicidade, da acessibilidade e da legislação (Hubert, 2016).

Tendo em conta a atual relevância desta temática, o ReConstruir, em colaboração com a Prof,ª Dr.ª Isabel Santos, vai promover o Curso Intensivo "Dependência de Videojogos (DVG): Tratamento e Prevenção", na modalidade e-learning (totalmente online). Esta formação pode revelar-se bastante útil para profissionais e estudantes de psicologia e psiquiatria.

Objetivo geral da formação:

Contribuir para uma compreensão e análise mais aprofundada devido à magnitude e complexidade desta realidade, dependência de videojogos, reconhecendo as estratégias de prevenção e tratamento.

Objetivos específicos:

- Compreender a dependência de videojogos: diagnóstico e sintomas;
- Identificar possíveis causas desta dependência;
- Definir e descobrir as diferenças categóricas no videojogo;
- Definir a dependência de videojogo;
- Reconhecer os limites dos critérios de diagnóstico;
- Identificar possíveis causas e fatores que despoletam esta dependência;
- Construir estratégias de prevenção e intervenção na dependência de videojogos.

Considerando os objetivos anteriormente descritos, cada módulo será composto pelos seguintes conteúdos:


Módulo 1 – Dependência de Videojogos (DVG)

1.1 Relevância e pertinência do tema
1.2 Definição de videojogo;
1.2.1 Diferenças categóricas
1.3 Definição de dependência
1.4 Epidemiologia e incidência
1.5. Causas na dependência de videojogos
1.6.1 Características de Personalidade
1.6.2 Fatores Familiares
1.6.3 Fatores Sociais
1.6.4 Fatores Biológicos e Emocionais
1.6.5 Outros fatores motivacionais


Módulo 2 – Avaliação e Diagnóstico

2.1. Diagnóstico;
2.1.1 Critérios de Diagnóstico;
2.1.2 Limites de Critérios de Diagnóstico;
2.2 Avaliação;
2.2.1 GAS, Game Addiction Scale (original e versão traduzida);
2.2.2 Limites de avaliação
2.3 Perfil de jogador dependente;

Módulo 3 – Estratégias de Intervenção e Prevenção

3.1 Estratégias de Intervenção;
3.1.1 Técnicas psicoterapêuticas no tratamento da dependência de videojogos;
3.1.2 Outros tratamentos;
3.2 Casos clínicos: análise e discussão.
3.3 Estratégias de Prevenção.
3.3.1 Propostas de prevenção: reflexão crítica e discussão
Duração total: 40h | 37h formato e-learning e 3h de sessões síncronas (Videoconferência - Skype).

Para realizarem o curso, os formandos terão acesso à plataforma Moodle do ReConstruir.

Formadora:

Prof.ª Doutora Isabel Santos, Psicóloga Clínica e da Saúde | Psicoterapeuta, Terapeuta de Casal e Familiar, com mais de 20 anos de experiência. Docente Universitária e autora de diversas publicações científicas sobre saúde mental e família.

Em colaboração com o Dr. Jorge Rodrigues Saraiva, mestre em Psicologia Clínica e da Saúde e doutorando em Psicologia, pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade Porto, com a elaboração da tese: Dependência de videojogos e regulação emocional em adolescentes e jovens adultos.

Calendarização: 21 de abril a 21 de maio de 2018
Preço: 56€*
Destinatários: Estudantes e profissionais de Psicologia e Psiquitaria.

Inscrições: clique no link https://bit.ly/2GDN1By e preencha o formulário de inscrição, indicando os dados solicitados.

Após o preenchimento do formulário, cada pessoa será contactada via e-mail/telefone, para confirmação da inscrição e envio do NIB, para que possa efetuar o pagamento do valor da inscrição, por transferência bancária (o qual deverá ser realizado nas 48 horas seguintes à receção do e-mail).

*Campanha promocional: Para inscrições de grupos de 3 ou mais pessoas, desconto de 10€ sobre o valor final da formação (preço final 46€). Para inscrições de grupo, enviar e-mail para formacao@reconstruir. pt, com nomes, números de cartão de cidadão, contactos de e-mail e telefónicos dos participantes.

Todos os participantes inscritos irão receber até ao dia 20 de abril, os dados necessários para o acesso à plataforma online onde serão disponibilizados os conteúdos da formação.

Inscrições até 17 de abril de 2018 (inclusive)

Nota: No final do curso, cada participante receberá um certificado comprovativo da sua participação, com as classificações obtidas na avaliação dos diferentes módulos.

Para mais informação contactar o Tlf 223 204 187, o Tlm 910410514 ou o e-mail formacao@reconstruir. pt

Contámos com a sua presença!

Referências Bibliográficas

Gaetan, S., Therme, P., & Bonnet, A. (2015). L’utilisation addictive des jeux vidéo est-elle une solution adaptative à la perception de soi et à la symptomatologie dépressive des jeunes adolescents (11-14 ans)?. Neuropsychiatrie de l’enfance et de l’ adolescence, 63, 250-257.

Hubert, P. (2016). O problema do jogo: O tratamento da dependência invisível. Lisboa: Plátano Editora.

Wieland, D. M. (2014). Internet addiction: Opportunities for assessment and treatment by psychiatric-mental health nurses. Journal of Psychosocial Nursing, 52(7), 3-5.