We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. Read more…
Thursday
05
APR

Exposição"PSYCHE" Joana Cagido e Ana de Macedo

18:00
21:00
Casa da Guia Cascais
Event organized by Casa da Guia Cascais

Get Directions

Category
#var:page_name# cover

Vamos expor na casa da guia em cascais uma exposição intitulada PSYCHE, um mergulho simbólico, psico somático e perceptivo de expressionismo abstrato e arte contemporânea em que cada vez mais realizamos, que vemos o que somos!

A colaboração entre estas duas artistas deu origem ao projeto de exploração psíquica e sensorial pelo inconsciente e a abstração simbólica.

Joana Cagido nasceu em 6 de Dezembro de 1979, em Lisboa. Muito cedo, ainda aos 13 anos, começou a pintar de modo autodidacta telas figurativas a óleo, já ciente de que essa seria sua vertente - a arte, algo que acabou sendo reforçado num colégio católico do Restelo, o qual teve bastante influência na sua personalidade. No entanto, antes de mergulhar no universo das telas, Joana ainda estudou psicologia durante dois anos. Na sequência, mais certa de seus objetivos, frequentou a Fundação Ricardo Espírito Santo Silva, o curso de Arquitectura de Interiores tendo tido contacto com a história da arte, principalmente por desenho e pela pintura. Tendo depois passado uma temporada em Veneza para procurar inspiração onde curiosamente veio a interessar-se por pintores norte-americanos, como Pollack, Max ernest e holandeses, caso de De Kooning e pelo expressionismo abstracto, vertente que passou a desenvolver e a experimentar novas técnicas. Conjugando traços geométricos e aleatórios da "pintura automática", um empaste pesado e grosseiro de pigmentos sobrepostos, Joana rompe com a pintura de cavalete e elege como suporte a parede ou chão, o que possibilita uma resistência dura para trabalhar dos quatros lados, passando a estar literalmente "na" ou “dentro” da pintura. Através de gestos instintivos, onde o acaso e o aleatório determinam a evolução da pintura, Joana explora preferencialmente as qualidades tácteis e os efeitos sensitivos da cor, produzindo quadros abstratos com poucos elementos, mas com limites indefinidos e relações cromáticas de grande subtileza.

Ana de Macedo nasceu nos EUA, teve uma educação internacional, e continua desde infância a experimentação visual da sua curiosidade criativa através do multimídia. Formou-se com Certificados de Bacharelato International em três idiomas, psicologia avançada e artes conceituais. Estudou Comunicação visual multimídia na École Supérieure de Design em Paris, graduando-se com distinção em 2008. Ana fez um estágio excepcional de Design na Landor Tokyo. Citando o Diretor de Criação Sênior Kenichi Nishiwaki no portfólio de Ana: "Minhas impressões do portfólio da Ana podem ser captadas através das palavras: paixão, energia, liberdade, artística e R / Evolutiva"; o Diretor Sênior de Marketing, Koichi Takimoto descreveu a performance criativa de Ana como "Avant garde e única"; também a designer sênior Kotaro Kobayashi disse "Ana tem grandes imaginações e inspiração. Sua percepção é sempre única e emocional. Nós inspirámos-nos em seus trabalhos". Ana sempre foi uma viajante ávida do exótico, fez inúmeras viagens místicas pela Ásia, África e as Américas. Participou em várias exposições coletivas e individuais desde 2001 a presente incluindo uma exposição destacada na ExperimentaDesign 2011 em Lisboa. Ana obteve em concurso uma bolsa de pesquisa sociológica em comunicação e novos mídia da Universidade Nova de Lisboa em 2012, onde depois apresentou as suas propostas de pesquisa para o seminário de Antropologia da Arte na Universidade de Macau até 2013. Retornando a Lisboa depois de mais pesquisas criativas interdisciplinares no Brasil e como o Teatro Oficina de São Paulo para o seu mestrado em Antropologia de Culturas visuais que terminou em 2016 com nota de excelência do Jury de Mestrado da Universidade Nova de Lisboa. Curiosidade constante na evolução dos mídias digitais e concretos, e as potencialidades de criação. Ana está atualmente num programa de doutorado em belas artes multimídia e continua a criar expressões de arte em vários médiuns.