We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. Read more…
Thursday
15
MAR

Ela é Solar

19:30
23:00
Solar Botafogo
Event organized by Solar Botafogo

Get Directions

Category
#var:page_name# cover

ELA é SOLAR

Durante os meses de março e abril, o Solar Botafogo e A Ponte Produções se juntam para celebrar o feminino. Tendo a arte como fio condutor, o projeto ELA é SOLAR promove encontro de mulheres artistas que utilizam o palco como ferramenta de comunicação e que, através da música, nos representam na sociedade contemporânea.

Várias artistas, de várias gerações e vertentes ocupam o Solar de Botafogo. Ao todo, serão três shows especiais, uma exposição permanente, exibição de um documentário, convidados especiais e, claro, algumas surpresas!

Idealizado e realizado por mulheres, ELA é SOLAR convida à todos para fazer parte da nossa festa:

| SHOWS

15/03 :: 21h30 :: RAQUEL COUTINHO CONVIDA POSADA

A mineira Raquel Coutinho é uma cantora criadora de paisagens sonoras, que explora o universo eletrônico com muita propriedade e sutileza. Raquel transita com sua musicalidade pelos Tambores de Minas, mesclados à linguagem digital contemporânea e utiliza a voz como percussão e harmonia, brincando com pedais de loops, distorção e samplers.
No pocket show Mineral , Raquel Coutinho se apresenta com o guitarrista Marcílio Rosa,
ousando na criatividade, adaptando o repertório dos dois álbuns para a formação minimalista
de Tambor- Voz- Pedais e Guitarra-Baixo, criando atmosferas sonoras únicas. Na ocasião, Raquel recebe o cantor e compositor Posada, o encontro promete momentos inesquecíveis!


29/03 :: 21h30 :: ROBERTA ESPINOSA

O show Tropical Nova é uma grande homenagem ao calor dos trópicos brasileiros, pensado minuciosamente para agradar os amantes do Samba e da MPB e a todos que gostam da pista quente! O show se divide em dois momentos, sendo o primeiro todo dedicado ao samba com músicas de Almir Guineto, Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho, Jovelina Pérola Negra, Xande de Pilares, Gilson Bernini, Toninho Geraes, entre outros bambas do Samba Contemporâneo. O segundo é todo dedicado aos Mestres Caetano Veloso e Gilberto Gil e passeia pelo Samba, Forró e Rock, tendo como final músicas da Timbalada e Olodum. É Carnaval do Início ao Fim. Uma verdadeira viagem de lembranças musicais que percorrem o eixo Rio-Bahia. .


19/04 :: 21h30 :: DELIA FISCHER

A renomada compositora, cantora, pianista e arranjadora, Delia Fischer - indicada em 2018 à 16a edição do The Independent Music Awards - apresenta show especial, que marca o pré lançamento do single ‘Samba Mínimo’, canção que compõe seu próximo disco.
Na ocasião, Delia Fischer se junta a "banda família", formada por seu marido e filho respectivamente, Matias Correa (baixo, beat box, voz e vocais) e Antonio Fischer- Band (teclado, guitarra e programações), no repertório, músicas de seus álbuns anteriores "Presente" e "Saudações Egberto’, parcerias com Carlos Careqa, Claudio Botelho, releituras surpresas e algumas pérolas, ainda inéditas, que estarão presente em seu próximo álbum, intitulado ‘Tempo Mínimo’


| CINEMA

15/03, 29/03 e 19/04 :: 19h30 :: 'ESPAÇO ALÉM - MARINA ABRAMOVIC E O BRASIL'

A artista Marina Abramovic viaja por lugares místicos do Brasil, pesquisando comunidades espirituais, pessoas e lugares de poder. Ela entra em contato com o xamanismo, o candomblé na Bahia e as curas do médium João de Deus.

INGRESSOS R$ 10 meia :: R$ 15 lista amiga :: R$ 30 inteira

| EXPOSIÇÃO FIXA

O SUBTERR NEO FEMININO por CACÁ FONSECA

A mineira Cacá Fonseca usa desde a infância o desenho como expressão mais completa de sua personalidade.
Por ser autodidata, Cacá diz que seu trabalho é feito totalmente envolto a intuição e ao momento presente em que está passando. Suas obras são metáforas do acontecer. Formando uma coleção única e lúdica, os quadros da artista quando juntos brincam com o conceito de tempo e espaço. São reminiscências vigentes. Alegorias num mundo onde a essência não é fictícia. Seu trabalho sugere uma nova interpretação do todo a partir de uma atmosfera mais intimista. É típico encontrar em seus quadros tons vivos e alguns quase oníricos. Em verdade, a artista usa a pintura para transbordar suas experiências.

A EXPOSIÇÃO TEM ENTRADA FRANCA.