We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. Read more…
Saturday
07
APR

Grupo de estudos sobre LGBTs nas prisões

10:00
12:00

Get Directions

Category
#var:page_name# cover

Esta é a primeira edição do Grupo de estudos sobre LGBTs nas prisões, uma das ações do projeto Passagens: rede de apoio a LGBTs nas prisões. Neste encontro, serão discutidos dois textos sobre a temática:

> Loïc Wacquant, "O lugar da prisão na nova administração da pobreza".
> Luiz Antônio Bogo Chies, "Gênero, criminalização, punição e 'sistema de justiça criminal': um olhar sobre as sobrecargas punitivas e as dominações do masculino".

---
Os textos já estão disponíveis para download aqui no evento!
---

A população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) brasileira é a que mais sofre, no quadro mundial, com a violência motivada por gêneros ou sexualidades dissidentes da normativa heterossexual e cissexista. A seletividade penal que opera nas instituições da justiça e da segurança pública no país caracteriza-se por levar em consideração marcadores sociais não apenas de classe e raça como também de gênero e sexualidade: somente em relação à população de mulheres (cisgênero ou transgênero), o índice de encarceramento aumentou mais de 400% nos últimos dez anos, ainda que elas estejam em menor número absoluto que os homens.

Em relação à população homossexual e transexual, observamos que existem dimensões particulares de encarceramento que levam em conta seus gêneros e sexualidades, na medida em que a experiência prisional pode se revestir de processos especializados de violência, controle e interdição no caso de LGBTs e mesmo o ingresso às instituições carcerárias utiliza de análise esses marcadores.